Mentir na entrevista de emprego gera justa causa?

Posted on

 

Vocês sabiam que mentir em entrevista de trabalho pode gerar demissão por justa causa? Pois é !

Mentir em uma entrevista de emprego ou no currículo pode gerar demissão por justa causa, mesmo após anos de contratação.

A interpretação é no sentido de que a mentira é considerada como um ato de extrema gravidade e que ela quebra a confiança do empregador para com o empregado, o que baseia a demissão por justa causa.

Vale lembrar que a demissão justa causa é uma penalidade que o empregado sofre por cometer atos previstos no rol do Artigo 482 da CLT e sendo aplicada tal medida, o trabalhador deixa de receber algumas verbas trabalhistas, tais como: décimo terceiro proporcional, aviso prévio, multa de 40% sobre o valor de FGTS, não poderá levantar o valor já depositado de FGTS, e também, perde o direito de saque do Seguro Desemprego.

Ainda, não terá direito ao recebimento de férias proporcionais, só recebe, se houver, férias vencidas.

Não menos importante, cabe destacar que, caso o trabalhador minta apresentando falso certificado, diploma ou relacionados, ele ainda comete crime de Falsificação de documento público, previsto nos artigos 297e 304 do Código Penal.

 

Conteúdo original por Carolina Tomaz Caritá Advogada formada pela Universidade Municipal São Caetano do Sul – USCS. Devidamente inscrita nos quadros da Ordem dos Advogados do Brasil sob o número 394.257

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top