MEI nem sempre é tão vantajoso, conheça as suas principais desvantagens

Posted on

 

Quem opta por abrir uma MEI – Microempreendedor individual tem grandes vantagens por se tratar de uma empresa simples e com baixo custo tanto para a abertura quanto para a sua manutenção mensal. Mas nem tudo são flores, existem também algumas desvantagens ao se abrir uma MEI, e vou pontuar algumas:

1- A média de faturamento máximo mensal permitido é de R$ 6.750,00 ou R$ 81.000,00 anualmente (para quem tem 12 meses completos de CNPJ)

2- Só é possível registrar um (01) funcionário (caso seja necessário)

3- Não é possível ter sócios, a empresa é individual e intransferível.

4- As atividades permitidas para se enquadrar como MEI são bem limitadas, então nem todos podem optar por esse regime, um caso clássico são os representantes comerciais que não podem ingressar no regime MEI

5- Na maior parte dos estados incluindo o Paraná não é possível emitir a nota fiscal eletrônica (modelo 55) e também o cupom fiscal eletrônico (NFCE), vale lembrar que a legislação favorece as MEIS pois pela regra a mesma não é obrigada a fornecer nota fiscal e ou cupom fiscal nas vendas diretas a pessoas físicas. Em alguns estados incluindo o Paraná é liberado a emissão da NFA-E que é a nota fiscal avulsa eletrônica, o problema é que grande parte das transportadoras não aceitam a NFA-E para o envio de mercadorias o que acaba gerando transtornos para o empresário.

6- Na captação de empréstimos e financiamentos a MEI acaba sendo deixada de lado por bancos e instituições financeiras, por se tratar de uma empresa pequena e de fácil acesso.

Fonte: jornal contábil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top